Onibus do Corinthians

Descrição da imagem

Onibus do Corinthians Onibus do Corinthians

Titulo da Imagem

Descrição da imagem

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

Titulo da Imagem

Descrição da imagem

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Ronaldo defende Neymar, Ganso e Ronaldinho na Copa


Atacante lembra que ele e Pelé defenderam o Brasil em Mundiais com apenas 17 anos, um ano a menos que Neymar

Agência Estado 
Na véspera da convocação da seleção brasileira para a Copa do Mundo da África do Sul, o atacante Ronaldo defendeu nesta segunda-feira a convocação de Neymar, Paulo Henrique Ganso e Ronaldinho Gaúcho por parte do técnico Dunga. O "Fenômeno", já descartado da lista, afirmou que o Brasil cresceria muito com a qualidade desses jogadores na competição.
Ronaldo destacou que a convocação de Neymar manteria um histórico vencedor da seleção. "O Pelé defendeu o Brasil com 17 anos [no Mundial de 1958]. Depois fui eu, também com 17 [na Copa de 1994]. A convocação de Neymar [de 18 anos] repetiria algo muito legal, principalmente porque ele está merecendo."

Foto: Gazeta Esportiva
Ronaldo irá comentar a convocação de Dunga e os jogos da Copa do Mundo no Twitter

Sobre Ronaldinho, o atacante também defendeu a convocação do jogador. "Futebol é momento, e os melhores devem ser convocados. Acredito que ele será chamado. Ele voltou a jogar um grande futebol no Milan... Mas é o Dunga quem convoca. E convocação é sempre complicado."
Outro motivo de polêmica foi Adriano. O jogador do Flamengo ficou de fora do jogo contra o São Paulo e passa por problemas fora de campo. Ronaldo, porém, afirmou que o "Imperador" tem a confiança de Dunga. "O Adriano estará na Copa. Ele nunca decepcionou na seleção. Qualquer julgamento [sobre a vida dele] é complicado."
Dunga anunciará nesta terça-feira, no Rio de Janeiro, os 23 jogadores que defenderão a seleção brasileira no Mundial. "O Brasil é sempre favorito", afirmou Ronaldo. "E sempre vai ser favorito em qualquer competição. Eu converso com os jogadores dos outros países, e eles têm o futebol brasileiro como base."
Adeus à seleção
Ronaldo sabe que não será convocado por Dunga e destacou seu passado vitorioso no Brasil. "A minha história na seleção foi maravilhosa. Fui campeão duas vezes da Copa, e tenho outras conquistas. Só tenho que agradecer e espero ter contribuído com o povo brasileiro", disse o jogador, já em tom de adeus à seleção.
Comentarista
Fora da lista de Dunga, Ronaldo fechou contrato de um ano com a Claro, rival da Vivo, empresa de telefonia móvel que patrocina a seleção brasileira. Ele fará comentários dos jogos através do twitter - analisará, inclusive, a convocação desta terça-feira. O endereço para acompanhar os comentários é: twitter.com/ClaroRonaldo.
"Vou comentar e responder o que o público quer saber", afirmou o jogador. "Quanto ao Twitter, é uma novidade grande. Tenho de aprender a utilizar, pois vai ser a primeira vez. Espero interagir muito e pôr bastante conteúdo. Acredito que os treinos no Corinthians não atrapalharão."

0 comentários:

Postar um comentário